Epidemink

Exposição Epidemik, na Estação Ciência da USP, traz informações e jogos sobre as maiores epidemias mundiais


Depoimentos de doentes, pessoas que já contraíram enfermidades epidêmicas e de cientistas como o professor Isaías Raw, do Instituto Butantan, fazem parte da exposição Epidemik, que ficará até o dia 26 de setembro na Estação Ciência da Universidade de São Paulo (USP).

A exposição procura traçar aspectos históricos e sociais das principais epidemias que assolaram o mundo e conta com um jogo que simula cinco epidemias que se espalham por grandes metrópoles como Nova York, Moscou, Paris e Rio de Janeiro.

A primeira versão do projeto foi montada na França e para o Brasil foram desenvolvidas partes especiais como um documentário sobre a doença de Chagas e uma epidemia de dengue no Rio de Janeiro, que foi acrescentada ao jogo eletrônico.

Interessados podem visitar a exposição de terça a sexta-feira, das 8 às 18 horas, e aos sábados, domingos e feriados, das 9 às 18 horas. O ingresso custa R$ 4. Menores de seis e maiores de 60 anos não pagam entrada.

A exposição Epidemik tem curadoria do Instituto Butantan, de São Paulo, e do Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Rio de Janeiro. Tem colaboração da USP e é organizada pela farmacêutica Sanofi-Aventis.

A Estação Ciência-USP fica na Rua Guaicurus, 1394, Lapa, São Paulo (SP), bem pertinho da Estação Lapa de Trem;

Mais informações www.epidemik.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s