Ciclo da mineração

O ouro do Brasil para o cofre do Rei de Portugal

Já pensou no ouro que nossa nação foi surrupiada pela então metrópole portuguesa?

Um artigo do professor da Universidade Federal de Juiz de Fora (MG) Angelo Alves Carrara, maior especialista da história da mineração de ouro no Brasil pode dar uma idéia para vocês.

O professor Carrara começa seu artigo dizendo qual era o significado de encontra ouro no Brasil:

“Mais do que um recurso natural. Mais do que um artigo de exportação. O que se descobriu em Minas, depois de dois séculos de colonização, foi fortuna em estado puro.

Ao contrário do que ocorria com a produção de cana-de-açúcar no Nordeste, o metal extraído dos leitos dos rios mineiros não dependia da demanda internacional e suas oscilações de cotação: já vinha em forma de dinheiro, pronto para ser posto em circulação ali mesmo. O ouro em pó transformou-se imediatamente na principal moeda das Minas Gerais naquele final do século XVII. E era tão abundante que, embora quase sempre tivesse Portugal como destino, causou enorme impacto econômico e social também deste lado do Atlântico.”

Mais adiante o professor dá um dado sobre o período que vai de 1697 até 1760.

“afinal, será possível estimar a quantidade de ouro enviada para Portugal desde o descobrimento do metal até o encerramento das extrações? Graças aos estudos das últimas décadas, é possível, sim. Com base em relatórios de cônsules franceses em Lisboa, nos anos 1970 o historiador Virgílio Noya Pinto calculou a quantidade de ouro desembarcado em Lisboa somente de navios vindos do Brasil: foram mais de 529 toneladas entre 1697 e 1760. Já o pesquisador francês Michel Morineau, a partir de informações de gazetas holandesas, chegou a um total não muito diferente: cerca de 566 toneladas.”

Se quiser fazer as contas, o preço hoje do ouro é de cerca de R$ 70,00 o grama. É só fazer as contas. E isso não foi tudo.

Quer saber mais?

Leia o artigo completo na Revista de História da Biblioteca Nacional clicando aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s