Segurança nos aeroportos: Brasil e EUA

Acabo de ver a propaganda dos tucanos (PSDB) na televisão falando mal dos aeroportos. Claro, eles são os maiores interessados em privatizar os aeroportos.

A Dilma e seus técnicos estão errados quando pensam nessa proposta. Tá evidente que é o oposto o que é necessário:  fortalecer o investimento público estatal para termos aeroportos e serviços aeronáuticos mais eficientes. Privatização é entregar patrimônio público para alguém explorar. Investimento privado sempre tem um objetivo: lucro. E o lucro não combina com segurança.

Privatização é sinônimo de corrupção. Privatização é sinônimo de piora de serviços.

Vejam vocês o que está acontecendo nos EUA. Aqui no Brasil os controladores de voôs são da Força Aérea Brasileira, ou seja são servidores públicos federais das forças armadas, responsáveis por uma área estratégica do País.

Mais um controlador de voo dorme nos EUA

Por John Crawley

WASHINGTON (Reuters) – Autoridades de aviação dos EUA, investigando as perturbadoras revelações de que controladores de voo estariam caindo no sono durante o trabalho, proibirá a adoção de escalas de serviço que possam induzir ao cansaço excessivo.

Também no sábado, a Administração Federal de Aviação (FAA) anunciou a suspensão de um controlador de Miami que cochilou em serviço – o quinto incidente desse tipo identificado nas últimas semanas, e o segundo em um aeroporto importante.

“Faremos tudo o que for possível para acabar com isso”, disse Randy Babbitt, administrador da FAA, em nota.

Em 23 de março, por volta de meia-noite, o único controlador de plantão no Aeroporto Nacional Reagan, em Washington, também adormeceu, quando dois aviões se preparavam para pousar.

A sequência de casos tem alarmado autoridades e especialistas, e gera dúvidas sobre a eficiência das escalas de plantão.

O funcionário da FAA responsável por fiscalizar as operações de rotina dos 15 mil controladores que atuam em mais de 400 aeroportos se demitiu na quinta-feira.

A agência também proibiu a prática de manter apenas um controlador no turno da madrugada, como costumava ocorrer em mais de 20 aeroportos – em geral de lugares pequenos, com pouco movimento noturno.

Além disso, a FAA anunciou no sábado que no começo da semana que vem irá proibir a adoção de escalas que gerem cansaço excessivo nos funcionários. Qualquer mudança nesse sentido precisará ser negociada com o sindicato da categoria.

Fonte: Agência Reuters – republicada no jornal Correio do Brasi.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s