Serviço público de saúde pagará implantes e aparelhos dentários

É um passo positivo o Governo Federal oferecer o tratamento ortodôntico que hoje são realizados apenas na rede privada. Hoje um implante dentário custa mais de R$ 1000,00.

Mas é ainda limitado e lento. A saúde bucal sem dúvidas necessida de investimento para acabar com o privilégio do sorriso apenas para pessoas com recursos para arcar os caros tratamentos.

SUS pagará implantes e aparelhos dentários

Duas novas opções de tratamento odontológico, ortodontia e implante dentário, serão oferecidas pela rede do Sistema Único de Saúde (SUS), conforme a adesão dos estados e municípios. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou a inclusão dos procedimentos na tabela do SUS, durante a 3ª Reunião Ordinária da Comissão Intergestores Tripartite, realizada em Brasília, nesta última semana.

A responsabilidade por oferecer os serviços, no entanto, ficará por conta das secretarias e estaduais e municipais, que deverão expandir a iniciativa na região.

Segundo dados da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal, 35% da população brasileira possui alguma disfunção que necessita de tratamento ortodôntico. “Esses novos tratamentos serão ofertados, na medida em que os serviços forem sendo implantados nos Centros de Especialidades Odontológicas. As Equipes de Saúde Bucal farão a busca e a identificação dos casos prioritários, que serão encaminhados aos centros para realizarem os tratamentos indicados”, explica o coordenador de Saúde Bucal do Ministério da Saúde, Gilberto Pucca.

A medida faz parte do Programa Brasil Sorridente, que deve investir mais R$134 milhões nos novos procedimentos, em 2011.

Depois de avaliados, os pacientes que tiverem necessidade de implante ou aparelho ortodôntico são encaminhados para algum dos 853 Centros de Especialidades Odontológicas em funcionamento em todos os 26 estados e no Distrito Federal.

A meta é ampliar a assistência em saúde bucal para mais 1,15 milhão de brasileiros em 2011 (um milhão de atendimentos de ortodontia e 150 mil atendimentos de implantes). Em 2010, foram realizados 25 milhões de atendimentos nos centros. Esses centros já realizam procedimentos como canal, tratamento de gengiva, cirurgias orais menores, exames para detectar câncer bucal e intervenções estéticas.

Fonte: Correio do Estado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s