Ser professor é saber pescar

Esse pequeno trecho de uma história em quadrinhos do Chico Bento do Maurício de Souza me lembrou o Paulo Freire, o professor pernambucano que essa semana se tornou patrono da educação brasileira. Fisgar um estudante e abrir o caminho do conhecimento, sem impor, mas seduzindo com o conhecimento é uma das maiores recompensas que um professor pode ter. Não sou professor pelas coisas boas que representam lecionar, sou professor pelo salário, pois sou um trabalhador assalariado. Mas as recompensas ajudam muito a seguir sendo professor.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Ser professor é saber pescar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s