Plínio Marcos e a prova do ENEM

pliniocorpo

O ENEM mandou muito bem ao usar “Uma Reportagem Maldita – Querô ” do Plínio Marcos numa questão da prova de Linguagens e suas tecnologias, nessa edição de 2013.

Uma ousadia ducaralho. Sou obrigado a parabenizar a galera do INEP/MEC.

Sem dúvida, vai ajudar a disseminar um dos melhores autores contemporâneos brasileiros.

Espero que a galera das escolas e cursinhos a estudarem uma literatura deste santista genial, na sua prosa, no seu verso e na sua imagem.

Obras como “Dois perdidos numa noite suja”, “Navalha na Carne” e o “Uma Reportagem Maldita – Querô” são as histórias dos “becos e quebradas” numa ficção estridente e fulminante. De tirar o fôlego.

É um ato importante. Obrigará as escolas a colocarem a literatura (que de marginal, só tem os cenários e personagens) para fora. É um chute na porta que permitirá muitos bons autores da segunda metade do século XX e da primeira década do século XXI entrarem e ficarem onde antes praticamente só cabia autores do século XIX.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s