75 anos de Gilberto Gil

A música brasileira é uma constelação de estrelas, de todos os tamanhos e magnitudes. Há até buracos negros, que ocultos, são descobertos por acaso e mostram a música e a poesia em todas as suas faces.

Gilberto Gil, gênio baiano, mestre do tropicalismo e fabuloso criador de canções.  Hoje ele completa 75 anos de vida.

Sua obra esteve presente em várias questões em vestibulares e no ENEM.

Em 1973, Gil fez um show para estudantes da USP:

Na descrição do vídeo, um curto registro da história do show.

“Em março de 1973, o estudante de geologia Alexandre Vannuchi Leme foi torturado e assassinado pelo governo militar que dominava o Brasil. Laís Abramo, que era conhecida de Gilberto Gil convenceu o cantor a fazer um show em protesto contra a morte do estudante. A apresentação foi marcada para 26 de Maio, um sábado à tarde. Gil canta durante mais de duas horas, inicialmente tentando aliviar o clima pesado, com músicas como “Chiclete com Banana”, “Senhor Delegado”, “Eu quero um samba” , mas o público que mais – pede “Cálice” . Gil desconversa, diz que não se lembra bem da letra, mas um estudante pega um pedaço de papel e escreve a letra e entrega para Gil, que não tem então como não cantá-la. O interessante é que tudo isto está registrado em áudio, inclusive vários trechos de diálogo entre Gil e os estudantes presentes.”

Um relato deste momento está no livro Cale-se de  Caio Túlio Costa.

Escutar e conhecer a história de Gil é conhecer uma época. Escute o mestre Gilberto Gil.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s