O Retorno de Karl Marx – Roberto Vital Anav

Capa

Acaba de chegar as livrarias o livro do economista e professor Roberto Vital Avav publicado pelo selo editorial Serpente e pela Fundação Perseu Abramo  o livro “O Retorno de Karl Marx – a redescoberta de Marx no século XXI”.

Tive a honra de escrever o pequeno prefácio da edição que publico abaixo para incentivar a galera a ler a obra de conjunto (veja aqui onde comprar).

 

Prefácio de O Retorno de Karl Marx – Roberto Vital Avav

MARX DE VOLTA? PARA O FUTURO!

Em 7 de outubro de 1989 uma manifestação de jovens foi duramente reprimida pela polícia da República Democrática Alemã, mais conhecida como Alemanha Oriental. A repressão funcionou como uma faísca num estopim. A partir deste dia, manifestações convulsionaram e levariam ao desmoronamento da divisão imposta pelos acordos de Yalta e Potsdam entre as potências vencedoras da Segunda Guerra Mundial. Nas ruas gritavam “um só povo, uma só Alemanha”.

A queda do Muro de Berlim em 9 novembro de 1989, foi algo muito além da superação da divisão física do mapa da nação alemã.

Segundo o ideólogo conservador Francis Fukuyama, conselheiro do presidente dos EUA, Ronald Reagan, tratava-se do “Fim da História”. Muitos acreditaram na ladainha e literalmente mudaram de lado. Trocaram o socialismo pelo Mercado. “Renovaram-se”. Os entulhos do muro caiam sobre a cabeça de muitos, como se o “socialismo” acabasse e Marx fosse definitivamente relegado às entranhas da Terra no cemitério de Highgate, junto com outros gênios como Douglas Adams e Malcolm McLaren (1)

A queda do Muro de Berlim e o desmoronamento da antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), dois anos depois, não soterraram o socialismo.

Ao contrário. Os entulhos deste desabamento empurrado pelas massas populares soterraram o sarcófago da burocracia parasitária que há muito trabalhava pela restauração do “mercado”, nas nações onde a propriedade dos meios de produção havia sido expropriada. Em sua maioria, os membros dessas burocracias não tiveram dúvidas de mudar de lado e tornarem-se os melhores alunos do Fundo Monetário Internacional, ainda que, no seu seio, militantes fiéis ao socialismo tenham buscado o caminho da resistência, da defesa dos direitos e das conquistas.

Nesta obra do professor, economista e militante Roberto Vital Anav, temos um esforço de retomada do marxismo através do próprio Marx, como numa filosófica caminhada peripatética (2) a pela atualidade da obra do revolucionário alemão.

O leitor não encontrará neste livro um mapa turístico, mas sim um roteiro, descortinando fundamentos das obras do autor do Manifesto do Partido Comunista e d’O Capital.

Leve e didático, sem ser débil ou infantil, o livro é um bom ponto de partida para quem quer ver a atualidade do marxismo. Ele caminha da filosofia até a economia, expondo os diferentes conceitos e categorias mestras, bem como sua atualidade no entendimento da presente crise capitalista em que vivemos.

O grande historiador dos EUA, Howard Zinn, fez sua incursão na dramaturgia na obra “Marx in Soho”, traduzida no Brasil na peça de teatro “Marx na Zona” pelo dramaturgo e escritor amazonense Márcio Souza. Na versão brasileira desta peça, Marx ressuscita na atualidade, na Zona Franca de Manaus, decide tomar uma cerveja com o público e enfrentar aqueles que dizem que ele está morto, a partir dos fatos da realidade. Howard Zinn, quando escreveu essa peça de teatro, a fez para levar Marx aos estudantes dos EUA, que desconheciam o barbudo alemão. Sem dúvida, Roberto Anav faz o mesmo percurso: uma ressurreição de Marx para aqueles que mal o conhecem. É um verdadeiro diálogo com seu método, seu esforço de armar as novas gerações com um “mapa da mina” do barbudo revolucionário. “O Retorno de Karl Marx” é material de estudo, porém não para obtenção de galardões acadêmicos. Há muito sabemos que “a academia é o túmulo do marxismo”. O marxismo presta-se a ser guia do caminho para a ação e transformação da nossa realidade.

Não é obra para um estudo vulgar, pasteurizado e dócil, mas tampouco é hermética e impenetrável.

É uma obra que toma partido. Que convoca Marx para reforçar, com seus ensinamentos sempre úteis, a linha de frente de combate hoje, pelos direitos sociais ameaçados pela burguesia e pelo imperialismo, no Brasil, nos EUA, na China, na Europa e no mundo inteiro.

Vibrante e jovem, será um daqueles livros que frequentará as mochilas dos jovens que enfrentam as injustiças e a repressão nas manifestações pela educação, pelo passe livre e pelos direitos sociais e queimam bandeiras do imperialismo yankee, com o que elas representam.

Armamento de boa qualidade para a nova geração de militantes estudantis, sindicais, populares e políticos, que, depois de anos de políticas de conciliação de classes, reencontrarão em suas páginas noções para superar aquilo que, num tempo recente, buscou-se esquecer: a dinâmica do funcionamento da sociedade capitalista, baseada na propriedade privada dos grandes meios de produção, na exploração do homem pelo homem, promotora da destruição sem precedentes nas forças produtivas com suas crises constantes.

Um livro para a educação militante para a luta de classes. Armamento e munição para o combate pelo futuro, um bom testemunho de que, enquanto houver exploração e opressão social, a obra marxista seguirá viva, sempre pronta e útil à educação para o combate pela supressão de ambas, na via da emancipação dos trabalhadores.

Alexandre Linares

(1) Douglas Adams (1952-2001), popular escritor britânico de ficção científica, sua principal obra é “O Guia do Mochileiro das Galaxias”, “Malcolm McLaren, artista multimídia e idealizador da banda Sex Pistols.

(2) Seguindo o exemplo dos grandes filósofos gregos da antiguidade que ensinavam caminhando.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s