Palavrões: grosseria na linguagem e alívio para a dor

Nas minhas aulas sempre discuto a questão dos palavrões. A questão não é simples.

Falar palavrões é algo que já não significa a mesma coisa que uma década atrás. É um aspecto das mudanças culturais da sociedade e da própria dinâmica da linguagem.

Feio ou aceitável? Deplorável ou normal? Esse é um longo debate.

Continuar lendo